Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 24 de Maio de 2022 - 10:30

Em comemoração ao Dois de Julho, Salvador lança ultramaratona com 12 horas de duração

por Bruno Leite / Anderson Ramos

Em comemoração ao Dois de Julho, Salvador lança ultramaratona com 12 horas de duração
Foto: Bruno Leite / Bahia Notícias

A festa do Dois de Julho contará com mais uma atração a partir deste ano. A Prefeitura de Salvador anunciou, nesta terça-feira (24), o lançamento da Ultramaratona da Independência. De acordo com o presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington, a corrida fará parte do calendário oficial de eventos esportivos da capital baiana e é uma das iniciativas que marcará os 200 anos da Independência do Brasil na Bahia, que será celebrado em 2023.

 

“Antecipamos e damos o pontapé inicial dessas celebrações que vão culminar com o bicentenário no próximo ano, já com essa prova com a ultramaratona da Independência. A gente fez uma associação interessante que é justamente essa capacidade de resistência do povo soteropolitano, associando isso ao esporte. A ideia é posicionar a cidade, como destino esportivo, sobretudo de corrida de rua, com essa estratégia a gente busca diversificar a plataforma de eventos com diversas atividades. Estamos lançando essa competição e a partir de agora ela se incorpora ao calendário oficial da cidade, contribuindo para o fortalecimento que a gente chama de turismo esportivo, valorizando os espaços públicos e todo ano irá acontecer durante o Dois de julho”, afirmou Edington.

 

“Serão 12 horas de competição, onde você pode disputar tanto individual como em dupla, quarteto ou sexto e se revezar. Ela começa às 18h do dia 2 de julho e termina às 6h da manhã do dia 3 de julho. Então são 12 horas de corrida e vence justamente aqueles que conseguirem executar mais quilômetros dentro dessas doze horas. Os atletas terão a livre escolha de ritmo, escolhem a quantidade que cada um deve correr, é ao mesmo tempo bem interessante na medida em que os atletas se revezam durante toda a noite a gente vai tá lá com DJ, com os clubes de corrida, com atividades, fortalecendo as famílias, todo mundo acompanhando naquele espaço belíssimo ali que é a orla do Parque dos Ventos’, explicou o presidente da Saltur.

 

Quem também comemorou a inciativa foi o presidente da Federação Baiana de Atletismo (FBA), Antônio Luiz Paranhos, que vê o evento trazendo importantes contribuições para a cidade. "Por ser um evento novo e desafiador, é de grande importância para o turismo, pois atrai pessoas de diversas regiões, as famílias soteropolitanas e o comércio local. Atletismo é a base para todos os esportes. É um evento certeiro, que trará muitas contribuições para a cidade", afirmou Paranhos.

 

CONCORRÊNCIA

Na ocasião, Edington comentou que não vê uma concorrência entre a ultramaratona e a tradicional Corrida do Fogo, anualmente realizado na data simbólica que também celebra o Dia Nacional do Bombeiro. Em 2021 a competição foi realizado em dezembro por conta da pandemia da COvid-19.

 

“É um evento bem diferente, que começa no final da tarde de um dia e termina no outro dia.  Acho que Salvador é uma cidade tão multifacetada que ela tem espaço pra tudo não acredito que uma prejudica a outra não, pelo contrário. Eu acho que isso só fortalece as atividades de rua na nossa cidade”, pontuou.

Histórico de Conteúdo