Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

'Não era o que eu queria, mas foi o que deu pra fazer', diz Isaquias, após sexto lugar
Foto: Reprodução / Instagram - @isaquias_lx

Foi com muito bom humor que o baiano Isaquias Queiroz encarou a sexta colocação na prova do C1 1000 metros da Copa do Mundo de Canoagem Velocidade, disputada no último final de semana, na República Tcheca (veja aqui). 

 

Medalha de ouro na prova dos Jogos Olímpicos de Tóquio, o atleta, que estava resfriado, reconheceu que o foco principal, em 2022, é o Mundial, que será disputado em agosto, em Halifax, no Canadá. 

 

"Não estou triste. Fiquei em sexto lugar. Não era o que eu queria, mas foi o que deu pra fazer. Também não foi culpa do resfriado. Me senti um pouco mal, mas isso não atrapalhou em nada. Dei o meu máximo, mas não deu. Meus adversários estavam melhor preparados. Mas nosso objetivo, lembrando pra vocês sempre, é o Mundial e os Jogos Olímpicos. Vamos seguir treinando até agosto, porque lá o bicho vai pegar. Aqui foi uma oportunidade de ver como nossos adversários estão", ressaltou, em vídeo divulgado no Instagram. 

 

 

Isaquias faturou ainda uma medalha de prata na Copa do Mundo de Canoagem, na prova do C1 500m. 

Histórico de Conteúdo