Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Ypiranga é lembrado em homenagem à Irmã Dulce pela Unidos da Ponte no Carnaval do RJ
Foto: Reprodução / Instagram

A escola de samba Unidos da Ponte, de São João de Meriti, fez uma homenagem à Irmã Dulce, a Santa Dulce dos Pobres, com o enredo "Santa Dulce dos Pobres - o Anjo Bom da Bahia", para buscar uma vaga de acesso ao Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro. O desfile aconteceu na última quarta-feira (20), na Marquês de Sapucaí, e o Ypiranga, clube que a santa baiana torcia, foi lembrado na apresentação.

 

Irmã Dulce nasceu em Salvador no dia 26 de maio de 1914 e faleceu no mesmo local em 13 de março de 1992. O Anjo Bom da Bahia, como foi apelidada, foi beatificada pela Igreja Católica em 2011 e canonizada em outubro de 2019, se tornando oficialmente a santa pelo papa Francisco. Ela é a primeira mulher nascida em solo brasileiro a ser santificada. Mesmo após sua morte, seu trabalho social continua até hoje.

 

Fundado no dia 7 de setembro de 1906, em Salvador, o Ypiranga é um dos clubes mais tradicionais do futebol baiano. Dono de 10 títulos do Campeonato Baiano (1917, 1918, 1920, 1921, 1925, 1928, 1929, 1932, 1939 e 1951), fica atrás apenas de Bahia e Vitória. No momento, o Mais Querido, como também é conhecido, está inativa e não disputa uma competição profissional desde 2016, quando participou da Série B do Baiano daquele ano. Além de Irmã Dulce, outro torcedor ilustre do time foi o escritor Jorge Amado.

Histórico de Conteúdo