Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Tite se emociona no provável último jogo pela Seleção no Brasil: 'Muitos significados'
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

O técnico Tite pode ter feito o último jogo no comando da Seleção Brasileira no Brasil. O treinador já anunciou que deixará o cargo após a disputa da Copa do Mundo de 2022. Após a goleada do Brasil sobre o Chile por 4 a 0, no Maracanã, na noite desta quinta-feira (24), o comandante se emocionou na entrevista coletiva.

 

"Tem muitos significados, muitas situações... São muitos e são muito particulares", disse.

 

Em seguida, Tite passou a palavra para o auxiliar César Sampaio e o preparador físico Fábio Mahseredjian. No final, o treinador agradeceu a presença dos torcedores no Maracanã. Sobre o duelo com o Chile, o treinador destacou a atuação individual dos jogadores.

 

"Dois aspectos têm me balançado: os atletas com a personalidade e a confiança de virem na seleção e repetirem níveis de atuações de seus clubes, isso é difícil pela expectativa de vestir a camisa da Seleção. Eles com naturalidade. Mais o trabalho para a gente, de alguma forma, poder organizar e explorar o que o adversário possa ter de fragilidades. Hoje sabíamos que o lado do Arana seria um canal de escape e o Fred, porque o tripé de meio de campo deles balançava e abria espaços", analisou. "Quando se joga contra 5-3-2, com cinco atrás, abre-se os dois pontas, trabalha com dois entre linhas com liberdade de articulação, que são Paquetá e Neymar. Um avançado como meia esquerda, e segundo meio campista que joga entrelinhas. Construção com quatro, balança a bola que vai ter um corredor livre para as construções e para deixar os atletas no último terço com liberdade de criação, condução, drible, cruzamento ou chute. Ali é um espaço do talento dos jovens jogadores. Procuro passar sempre para eles: façam a jogada de forma vertical, procurem o gol, porque o gol é a essência do futebol. Todo talento buscando essa objetividade", completou.

 

Já classificado, o Brasil é líder isolado da tabela com 42 pontos, sete a mais do que a Argentina, que é a segunda, também já carimbou o passaporte e entra em campo nesta sexta (25) contra a Venezuela, no encerramento da rodada. Os dois selecionados ainda faltam disputar o clássico pela sétima jornada, que foi suspenso pela Anvisa em setembro do ano passado.

 

Na 18ª rodada, que encerra as eliminatórias da América do Sul, o time Canarinho visita a Bolívia, na altitude de La Paz. A partida acontece na próxima terça (29), às 20h30, no horário de Brasília.

Histórico de Conteúdo