Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Presidente da Juazeirense diz que 'desgaste interno' levou Francisco Diá a pedir demissão
Foto: Reprodução / Instagram

Presidente da Juazeirense, o deputado estadual Roberto Carlos (PDT) afirmou que o pedido de demissão do técnico Francisco Diá se deu por "desgaste interno entre jogadores". O profissional se desligou do Cancão de Fogo neste domingo (23), após a derrota por 5 a 2 para o Jacuipense (confira aqui). 

 

"É indiscutível que Francisco Diá tenha competência. Mas, infelizmente, na Juazeirense ele não conseguiu transmitir uma mensagem que os jogadores pudessem entender. Nosso time não desempenho o futebol dos últimos anos. O resultado de ontem fez com que ele pedisse demissão, e eu acatei. Até porque eu estava vendo um pouco de desgaste", afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias. 

 

Agora, a Juazeirense corre para trazer um novo técnico. Oitavo colocado na Série A do Baianão, com apenas um ponto conquistado em dois jogos, o Cancão de Fogo volta a campo no próximo domingo (30), contra o Vitória da Conquista, pelo estadual.

 

Roberto Carlos revelou que o clube trabalha com dois nomes para o cargo de treinador, mas não revelou quais. A definição deve ocorrer ainda na noite desta segunda-feira (24). 

Histórico de Conteúdo