Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Atlético de Alagoinhas vê Nordestão como 3º em importância, mas quer fazer boa campanha
Agnaldo Liz é o técnico do Carcará | Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

Pela primeira vez na sua história, o Atlético de Alagoinhas entra em campo para disputar a fase de grupos da Copa do Nordeste. Neste domingo (23), o Carcará visita o Altos-PI, no Lindolfo Monteiro, em Teresina, pela primeira rodada. Apesar de ver a competição regional abaixo do Campeonato Baiano e da Copa do Brasil em termos de importância, o técnico Agnaldo Liz mira em fazer uma boa campanha começando pela estreia.

 

"Nós estamos bem próximos das estreia, ansiosos para estrear e estrear bem. A equipe vem se comportando muito bem. Vamos jogar contra um adversário muito difícil que é o Altos e depois os demais do nosso grupo", disse em entrevista ao Bahia Notícias. "Pretendemos fazer uma campanha boa, mas nosso objetivo maior é realmente o Campeonato Baiano e depois a Copa do Brasil. A terceira importância é a Copa do Nordeste. Mas vamos encarar esse jogo tentando fazer um bom resultado e estrear bem, com o pé direito. Esse é o nosso objetivo", completou.

 

O Atlético de Alagoinhas está no Grupo A do torneio regional ao lado de Fortaleza, Sport, CSA, Sampaio Corrêa, Campinense, Globo-RN e Sergipe. Porém, os adversários serão da B, que além do Altos, também tem Bahia, Ceará, Náutico, CRB, Botafogo-PB, Floresta e Sousa-PB.

 

"É uma competição que há muito tempo está sendo aguardada. Estamos na fase de grupo, foi muito importante isso. A conquista do título nos deu essa oportunidade para vivenciarmos uma coisa importante, diferente. Você tem adversários de tradição, é uma competição que cresce a cada ano, motiva a todos os envolvidos", comentou Agnaldo.

 

A bola rola para Altos-PI e Atlético de Alagoinhas a partir das 16h.

Histórico de Conteúdo