Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Presidente do Atlético-BA avalia que dá para 'ficar entre os quatro' na 1ª fase do Nordestão
Foto: Maurícia da Matta / Bahia Notícias

Presidente do Atlético de Alagoinhas, Albino Leite se mostrou confiante diante da divulgação dos grupos da primeira fase da Copa do Nordeste (veja aqui). O Carcará caiu no grupo A, junto a Fortaleza, Sport, CSA, Sampaio Corrêa, Campinense, Globo-RN e Sergipe. 

 

"Para nós, vai ser uma grande novidade. Vamos jogar contra o Ceará, por exemplo, e outros times que há muitos anos não pisam na nossa cidade. Mas, pela pouca visão que já tive, temos condições de ficar entre os quatro. O time que estamos montando é ofensivo, mas com cautela", afirmou o gestor, em entrevista ao Bahia Notícias, nesta segunda-feira (6). 

 

Atual campeão baiano, o Atlético disputará a Copa do Nordeste, a Copa do Brasil e a Série D do Brasileirão em 2022. Em uma escala de prioridades, o Nordestão está em terceiro, segundo Albino. 

 

"Todos são importantes, mas em um modelo estratégico. A prioridade é o Campeonato Baiano, porque é ele que dá a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste. Em segundo, a Copa do Brasil, porque ela dá investimentos imediatos. E em terceiro lugar a Copa do Nordeste, porque ali vai dar uma visibilidade aos nossos atletas. Em quarto a Série D. É essa linha de gestão estratégia", revelou. 

 

O Carcará, assim como para a temporada 2021, está se preparando na cidade de Serrinha. Neste sábado (4), a equipe venceu um amistoso contra a Seleção de Retirolândia, por 2 a 1. A ideia é fazer mais ou menos um ou dois amistosos ainda em dezembro. 

Histórico de Conteúdo