Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sudesb corrige data de inauguração do Centro de Canoagem de Ubatã para 12 de dezembro
Foto: Divulgação / Ascom / Sudesb

O Centro de Canoagem de Ubatã tem, pela quarta vez, uma data de inauguração. Após anunciar um adiamento do dia 7 para o dia 24 de dezembro (confira aqui), a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) publicou uma errata no Diário Oficial do Estado (DOE), no último sábado (27), antecipando para 12 de dezembro. 

 

Porém, segundo informou a autarquia vinculada à Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) ao Bahia Notícias, o Torneio de Inauguração do local ocorrerá mesmo se as obras não estiverem concluídas. 

 

"Esta data está mantida para realização do torneio independentemente da conclusão da obra, tendo a Federação Baiana de Canoagem já dado parecer técnico de que, mesmo sem o funcionamento do centro, a prova poderá ser realizada naquele município sem prejuízo do desempenho dos atletas", diz a nota da Sudesb, enviada ao BN.

 

A construção está 90,7% pronta. Contudo, de acordo com o órgão, "por conta da grande demanda na construção civil observada em todo o país, as empresas têm demorado mais do que o normal para receber a compra [dos equipamentos]. Por isso, ainda não foi possível dar a obra por concluída, conforme programado". 

 

Neste momento, a empresa responsável pela construção aguarda a entrega, pelo fornecedor, do pier e esquadrias para que seja possível o acabamento final, com realização de pinturas, instalação da rede elétrica e louças. 

 

Inicialmente, a competição estava prevista para o dia 24 de outubro (lembre aqui).

 

A Sudesb afirmou ainda que, "apesar de a obra do equipamento ainda não estar concluída, as atividades do projeto social Remando no Rio Sul seguem cronograma previsto, atendendo com aulas de iniciação esportiva a 360 jovens (meninos e meninas) distribuídos nos núcleos de Ubatã, Itacaré, Maraú e Ubaitaba. As aulas seguem nos dois turnos até o dia 05/01/2022". 

 

Os outros dois centros, em Itacaré e Ubaitaba, foram inaugurados nos dias 4 de julho de 2018 (saiba mais aqui) e 28 de agosto de 2020 (lembre aqui), respectivamente. Os equipamentos visam incentivar a prática do esporte no estado, especialmente por causa do sucesso dos atletas baianos nas principais competições do planeta.

 

Isaquias Queiroz foi medalha de ouro na Olimpíada de Tóquio (veja aqui), e já é o maior medalhista olímpico da Bahia, pois levou duas pratas (uma delas ao lado do conterrâneo Erlon de Souza, na prova do C2 1000 metros) e um bronze na Rio-2016. Além disso, também é campeão mundial da prova do C1 1000 metros.

 

Neste ano, outro baiano esteve presente nos Jogos: Jacky Godmann, de apenas 22 anos. Ao lado de Isaquias, ele ficou em quarto na prova do C2 1000 metros, e não conseguiu avançar à final no C1. 

Histórico de Conteúdo