Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Minas Tênis Clube rescinde contrato com Maurício Souza após falas homofóbicas
Foto: Reprodução / Instagram

Maurício Souza não é mais jogador do Minas Tênis Clube. Nesta quarta-feira (27), a agremiação anunciou, por meio de suas redes sociais, que rescindiu o contrato com o atleta, responsável por publicar mensagens homofóbicas em seu Instagram (veja aqui). 

 

 

Inicialmente, Maurício foi afastado e teve de publicar uma retratação, exigida pelo próprio elenco e pelos patrocinadores. Contudo, o pedido de desculpas não convenceu. 

 

"Hoje estou pedindo desculpas por minha opinião ter ofendido alguém! Ter opinião e defender o que se acredita não é ser homofóbico e nem preconceituoso! Desculpa mais uma vez", escreveu o atleta. 

 

No vídeo, ele reclamou que "hoje em dia a gente não pode dar opinião sobre nada" e que "se eu sair do time eu vou arrumar outro para jogar". Além disso, disse que "se fosse um crime eu tava preso. Eu acho que não foi crime nenhum o que eu fiz. Foi apenas defender o que acredito e colocar minha opinião acima disso". 

 

A publicação não repercutiu bem entre os patrocinadores e os dirigentes do Minas, segundo a Folha de S. Paulo, e a opção do clube foi por rescindir o contrato. 

 

No dia 12 de outubro, Maurício Souza reclamou no Instagram sobre os quadrinhos que mostram o novo Superman, filho do original, se descobrindo bissexual. 

 

""Ah, é só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar", escreveu o jogador. 

 

O técnico da Seleção Brasileira, Renan Dal Zotto, também fechou as portas para futuras convocações de Maurício. Na visão do profissional, "é inadimissível este tipo de conduta".

 

"Em se tratando de seleção brasileira, não tem espaço para profissionais homofóbicos. Acima de tudo preciso ter um time e não posso ter este tipo de polêmica no grupo. Não me refiro apenas ao elenco dos atletas. É geral, para todos os profissionais", afirmou, em entrevista ao jornal O Globo.

Histórico de Conteúdo