Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Com exceção do Flamengo, clubes da Série A e CBF decidem manter jogos sem público
Foto: Divulgação / Secretaria de Cultura do RJ

Os jogos da Série A do Campeonato Brasileiro permanecerão, por ora, sem público nos estádios. Foi o que decidiu, nesta quarta-feira (8), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e 19 clubes que participam da competição. 

 

O único a se contrapor foi o Flamengo, que conquistou uma liminar no Superior Tribunal de Justiça Desportiva para ter torcida em suas partidas. Os adversários do Rubro-Negro Carioca na Série A entrarão com uma ação em conjunto na corte para tentar derrubar essa decisão. 

 

Segundo o site ge.globo, uma nova reunião para discutir o tema foi marcada para o dia 28 de setembro.

 

Antes desta definição da CBF junto às equipes, o Flamengo publicou uma nota oficial em que afirma que "não cabe aos clubes ou à CBF" deliberar sobre o tema. Na próxima quarta-feira (15), o Rubro-Negro fará o primeiro dos três "eventos-testes" liberados pela Prefeitura do Rio com torcida no estádio, contra o Grêmio, pelas quartas de final da Copa do Brasil (saiba mais aqui)

 

Vale lembrar que, apesar de algumas cidades, e até clubes, como o Atlético-MG, permitirem público nos estádios, há a preferência das equipes por não adotar tal medida por entenderem que o mais justo seria uma volta ao mesmo tempo para todos. 

Histórico de Conteúdo