Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Técnico do Botafogo-BA avalia que adversário 'amarrou' 1º jogo da final da Série B do Baiano
Foto: Divulgação

O técnico do Botafogo Bonfinense, Matheus Vazquez, avaliou que o Barcelona de Ilhéus tentou amarrar a partida de ida da final da Série B do Campeonato Baiano, que garante acesso à Primeira Divisão ao campeão. O Diabo-Rubro venceu por 2 a 1, no Estádio Pedro Amorim Duarte, em Senhor do Bonfim, e abriu vantagem na decisão. 

 

"Como a gente esperava, eles vieram mais para se defender e jogar no contra-ataque. Foi o que ocorreu no primeiro tempo. Eles acabaram fazendo o gol, que foi um gol contra nosso, e continuaram a amarrar o jogo. No segundo tempo, nossa postura foi jogar. Continuamos com mais posse, mas passamos a agredir mais, a finalizar mais", destacou o comandante, em entrevista exclusiva ao Bahia Notícias. 

 

Com apenas 22 anos, o técnico comanda um time de futebol pela primeira vez na vida, e, até o momento, está invicto, com três vitórias e um empate (saiba mais detalhes aqui). Ele também comentou sobre a estreia em uma final de campeonato. 

 

"Foi bacana. Eu achava que ia ficar mais nervoso, ansioso. Desde semana passada, estou mais ansioso para o segundo jogo. Eu acho que me portei bem, tava bem tranquilo, mas é uma experiência bem rica, já poder fazer história e fazer um clube tradicional tentar voltar à elite", lembrou. 

 

Por fim, já projetou o próximo jogo. "Nossa maneira de jogar não vai mudar. Por mais que precisemos empate. Vamos para lá para vencer", ressaltou. 

Histórico de Conteúdo