Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 29 de Julho de 2021 - 09:20

Iphan indefere projeto para construção de centro de boxe ao lado de prédio tombado

por Leandro Aragão

Iphan indefere projeto para construção de centro de boxe ao lado de prédio tombado
Rui prometeu construir o centro em 2016 | Foto: Carla Ornelas / GOVBA

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) indeferiu o projeto do governo da Bahia para construir a Arena de Lutas da Bahia (ou Centro Olímpico de Boxe) na Avenida Luís Tarquínio, na Boa Viagem, em Salvador, ao lado de prédio tombado (leia aqui). A proposta indicava a demolição do edifício existente para erguer o complexo esportivo o que alteraria a estética do local, cujo vizinho imediato é o Palacete Machado, também conhecido como antigo abrigo D. Pedro II.

 

"A própria concepção do prédio é incongruente com o contexto e local onde ele é proposto, uma vez ser inadmissível que uma construção ao lado de um bem individualmente tombado 'se destaque arquitetonicamente e se torne um marco na região' já que isso implicaria em danos graves à ambiência de tal bem", diz o parecer emitido no dia 23 de julho deste ano.

 

O Iphan também levou em consideração a estética da construção observando a "escala e volumetria" no local.

 

"A altura total da edificação proposta (17m), é pelo menos 5m maior do que a do Palacete Machado, esbarrando assim mais uma vez na problemática do protagonismo no contexto urbano que se encaixa. Uma edificação destas dimensões, tanto a partir da rua, quanto a partir do mar, contextualizada com o palacete de maneira tão próxima, causa severos danos à sua ambiência", declarou no documento.

 

A Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder) informou ao Bahia Notícias que a desapropriação do terreno indicado está sendo discutido com o Iphan "para preservação do patrimônio cultural do entorno".

 

De acordo com o Iphan, o Palacete Machado é um solar urbano da primeira metade do século XIX, que "embora possua tratamento neoclássico, segue linha dos grandes palácios barrocos europeus e é de grande importância e proeminência no cenário arquitetônico brasileiro". O prédio é historicamente referido como "Versalhes Baiano", em referência ao palácio de Versailles, na França.

 

O Centro Olímpico de Boxe foi prometido pelo governador Rui Costa (PT) em 2016 logo após o boxeador baiano Robson Conceição conquistar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, realizados naquele ano. A ideia era tirar o projeto do papel no início de 2019.

Histórico de Conteúdo