Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Medalha de prata em Tóquio, Fadinha receberá quantia por conquista; veja
Foto: Divulgação

Fenômeno mundial e orgulho do Brasil inteiro, a skatista Rayssa Leal, a "Fadinha", de apenas 13 anos, que conquistou a medalha de prata no skate street na Olimpíada de Tóquio, vai embolsar R$ 150 mil pelo feito. Esse é o valor que o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) destina àqueles que ficarem em segundo no evento esportivo, segundo o site da BPMoney, parceiro do Bahia Notícias.

 

A decisão de premiar em dinheiro os atletas brasileiros veio da diretoria do COB, como forma de homenagear e reconhecer o trabalho dos esportistas, principais protagonistas do Movimento Olímpico.

 

"Com esta ação, o COB reconhece o esforço, o comprometimento e a disciplina colocados em prática para a conquista de uma medalha olímpica. Essa premiação é oriunda de recursos privados do COB e é fundamentada em um dos nossos pilares: a meritocracia. Desejo a todos um excelente trabalho e tenham em mente, em primeiro lugar, a saúde de vocês”, disse Paulo Wanderley Teieira, presidente da entidade.

 

Medalhistas de ouro em provas individuais recebem R$ 250 mil, e de bronze R$ 100 mil. Em equipes com até seis atletas, a bonificação é de R$ 500 mil (ouro), R$ 300 mil (prata) e R$ 200 mil (bronze). As que possuem sete ou mais atletas ficam com R$ 750 mil (ouro), R$ 450 mil (prata) e R$ 300 mil (bronze). 
 

 

 

a

Histórico de Conteúdo