Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Na chegada ao Brasil, Rayssa Leal anda de skate no saguão do aeroporto de São Paulo
Foto: Reprodução / TV Globo

A medalhista de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, Rayssa Leal, de 13 anos, já está em solo brasileiro. A Fadinha, como é apelidada, desceu do avião andando de skate no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (28). Ela deve seguir viagem para Imperatriz, no Maranhão, onde nasceu e mora com a família.

 

"Chegamos no Brasil! Cansados mas passando bem! Fizemos amizades no voo! Que nome devemos dar pra ela? Mande sugestões", escreveu a skatista mostrando a foto de ursinhos de pelúcia.

 

No aeroporto paulista, muitos jornalistas aguardavam Rayssa no saguão. Ela não concedeu entrevistas e foi recebida com flores, inclusive o skatista hexacampeão mundial Sandro Dias, o Mineirinho, marcou presença para cumprimentar a medalhista olímpica no skate street.

 

A cidade de Imperatriz fica cerca de 626km da capital São Luís. O desembarque da Fadinha está previsto para às 11h. Estava previsto um desfile pelas principais ruas em um carro aberto do Corpo de Bombeiros do Maranhão (CBMMA) até a praça Mané Garrincha, mas a jovem medalhista olímpica cancelou por conta da pandemia do novo coronavírus.

 

"Galera por estarmos em um momento ainda delicado quando ao Covid-19 eu decidi cancelar a minha recepção de chegada em Imperatriz, para evitar aglomerações, então evitem ir até o aeroporto, eu queria muito receber o carinho de vocês, mas esse não é o momento, agradeço demais todo o carinho, mas se cuidem, usem máscaras, álcool e tomem a vacina, tenho certeza que em breve vamos vencer esse vírus", anunciou a skatista.

Histórico de Conteúdo