Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 23 de Julho de 2021 - 17:40

Representante do Brasil na Rio-2016, baiana é diagnosticada com melanoma

por Nuno Krause

Representante do Brasil na Rio-2016, baiana é diagnosticada com melanoma
Foto: André Motta / Brasil2016.gov.br

Representante do Brasil na maratona feminina dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, a baiana Graciete Moreira Santana foi diagnosticada com câncer de melanoma severo e está internada no Hospital da Mulher, em Feira de Santana.

 

Ela precisa ser transferida para o hospital Aristides Maltez, em Salvador, mas o Sistema Único de Saúde (SUS) não libera o tratamento de imunoterapia que ela precisa. Com isso, Graciete entrou com uma ação na Justiça para ter acesso pelo estado. 

 

Em áudio obtido pelo Bahia Notícias, Graciete afirma que os médicos a diagnosticaram com embolia pulmonar, e que as metástases do câncer se espalharam para a coluna, impedindo-a de andar.

 

Nas redes sociais, ela pede que a situação seja divulgada por meio das seguintes hashtags: #TODOSPORGRACIETE, #maratonapelavida e #SUSsalvavidas. 

 

 

Melanoma é o tipo de câncer mais grave de pele, que pode gerar uma mudança em uma pinta que já existe ou então um novo nódulo anormal.

 

Nascida em Feira de Santana, Graciete tem 40 anos e finalizou a maratona nos Jogos Olímpicos do Rio na 128ª posição, com o tempo de 3:09:15.

Histórico de Conteúdo