Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Empresa responsável explica falha do VAR no jogo entre Vasco e Inter
Foto: Ricardo Duarte / Internacional

A explicação da Hawk-Eye, responsável, pelo árbitro de vídeo, na falha do equipamento durante a vitória do Inter sobre o Vasco, foi divulgada na noite deste segunda-feira (15) pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Segundo a empresa, o ângulo da câmera e a sombra do campo causaram o problema na checagem do primeiro do Colorado que venceu o Cruzmaltino por 2 a 0, em São Januário, no último domingo (14), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

"Embora seja uma ocorrência muito incomum no software, a equipe operacional imediatamente seguiu o procedimento para recalibrar o sistema, o que foi concluído em poucos minutos. Infelizmente, esse processo não havia sido concluído quando a revisão foi solicitada e as linhas não estavam disponíveis para uso", diz a Hawk-Eye através de carta, assinada pelo CEO Adam Fry, enviada à entidade.

 

A empresa ainda divulgou imagens antes da partida para comprovar que o equipamento estava operando e também após ter sido recalibrado. Porém, ele não funcionou na hora que Rodrigo Dourada balançou as redes vascaínas aos nove minutos do primeiro tempo. A validação do lance foi feito pela arbitragem de campo. O Vasco questiona a decisão e informou que vai pedir a anulação do jogo (leia aqui).

 

O Vasco está na luta contra o rebaixamento e ocupa a 17ª posição com 37 pontos, um a menos do que o Bahia, que é o 16º. Com 36, o Goiás aparece no 18º lugar. Já o Inter lidera o Brasileirão com 69 pontos, seguido pelo Flamengo com 68.

Histórico de Conteúdo