Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Felipão diz que meta é evitar o rebaixamento do Cruzeiro à Série C
Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O empate em 0 a 0 com o Cuiabá, no Independência, pela 32ª rodada da Série B, deixou o Cruzeiro mais próximo da zona de rebaixamento do que do G-4. A Raposa aparece na 11ª colocação com 41 pontos, seis a mais da área de degola e oito a menos do grupo que subirá de divisão. Na entrevista coletiva após a partida, na noite desta terça-feira (29), o técnico Luiz Felipe Scolari, o Felipão, disse que sua meta é evitar a queda à Série C.

 

"O que eu vim fazer e o que vamos fazer é tirar o Cruzeiro da Série C", declarou. "O Cruzeiro tinha 13 pontos, era o 19º. Estávamos com oito ou nove rodadas na (zona de rebaixamento para a) Série C, e agora não está. Ganhando três ou quatro pontos, estará na B. Agora, isso tudo foi montado no início do ano, e não tenho como discutir como pensaram. Eu tenho que pensar na equipe que nós assumimos", completou.

 

Comandando um dos clubes mais vitoriosos do futebol brasileiro, Felipão ainda disse que somente a camisa não livrará o Cruzeiro do rebaixamento. Ele destacou a necessidade de contar com jogadores experientes.

 

"Quando assumimos, fizemos os pontos necessários para sair da Série C. E não sai da Série C só com camisa, sai com jogadores. Não sai só com meninos, sai com jogadores mais rodados, e tudo isso temos que estudar para o ano que vem. E pronto", afirmou.

 

Por ter aberto a rodada, o Cruzeiro voltará a jogar somente no dia 8 de janeiro, uma sexta, contra o Sampaio Corrêa, no Castelão, pela 33ª rodada. Enquanto isso, a Raposa vai ligar o secador e torcer para que o Operário perca do Vitória no domingo (3), no Barradão, e o Confiança não vença o Náutico, na segunda (4), no Batistão, no desenrolar da 32ª jornada, para se manter no 11º lugar na tabela.

Histórico de Conteúdo