Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

NFL: Buccaneers, de Tom Brady, contrata jogador acusado de estupro
Foto: Reprodução / NFL

O Tampa Bay Buccaneers acertou a contratação do wide receiver Antonio Brown, de 32 anos. Acusado de estupro, além de assédio sexual e envolvimento com brigas, ele vai ser companheiro do astro da NFL, Tom Brady. Porém, só poderá jogar após por cumprir a suspensão de oito partidas, o que deve acontecer no dia 8 de novembro, contra o New Orleans Saints. Ele vai receber um salário mínimo para a posição é cerca de 1 milhão de dólares, além de bônus por metas individuais e coletivas.

 

Brown foi punido pela NFL por violar o código de condutas da liga por diversas vezes. Apesar das polêmicas extracampo, ele vai fazer parte do Tampa Bay Buccaneers que sonha em conquistar o Super Bowl. Estrela da equipe, Brady teve participação importante para a contratação do novo reforço. Os dois trabalharam juntos no New England Patriots, da temporada passada. O quaterback sempre incentivou Brown a retornar à liga americana.

 

Antonio Brown cometeu diversos crimes como a agressão a um motorista de caminhão. Além disso, ele ainda está sendo investigado por acusações de assédio e estupro, que podem gerar novas punições e até o banimento da liga. No primeiro caso, a conduta sexual inapropriada foi com uma pintora que foi contratada para pintar um quadro na sua casa em 2017. Ela disse ter sido abusada várias vezes pelo jogador. Já no caso de estupro, a ex-preparadora física do atleta, Britney Taylor, acusa ter sido vítima de três crimes. Em 2017, Brown teria beijado a mulher sem consentimento dela. Um mês depois, ele teria se masturbado próxima a preparadora física e ejaculado nas costas dela. A última foi em maio de 2018, ela acusa o jogador de estuprá-la ao forçar relação sexual.

Histórico de Conteúdo