Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 15 de Outubro de 2020 - 12:53

Por causa de burocracia, Vitória da Conquista desliga o técnico Joaquín Monastério

por Leandro Aragão

Por causa de burocracia, Vitória da Conquista desliga o técnico Joaquín Monastério
Foto: Luciana Flores / Vitória da Conquista

O boliviano Joaquín Monastério não é mais técnico do Vitória da Conquista. Devido aos entraves burocráticos para conseguir o visto de trabalho do treinador, a diretoria do Bode optou pelo desligamento do estrangeiro na noite desta quarta-feira (14). O auxiliar Guilhermino Lima assume o comando do time interinamente na disputa da Série D.

 

"Tivemos dificuldades com a regularização. Ele teve algumas situações particulares e achou melhor voltar. Lima segue no lugar", afirmou o presidente Ederlane Amorim em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Joaquín Monastério foi contratado em agosto antes do início da Série D. Apesar de comandar os treinamentos, o boliviano não chegou a dirigir a equipe nenhum dos cinco primeiros jogos da competição nacional.

 

O Vitória da Conquista venceu o Itabaiana nesta quarta por 2 a 1, no Lomantão, pela sexta rodada. O Bode reassumiu a liderança do Grupo A4 ao somar 10 pontos e superar o Coruripe-AL, que tem a mesma pontuação, por causa dos gols marcados. O time conquistense volta ao gramado no sábado (17), às 16h30, para encarar o Jaciobá-AL, em Arapiraca, pela sétima jornada.

Histórico de Conteúdo