GP da Rússia de Fórmula 1 esgota ingressos e espera público de 30 mil pessoas
Foto: Glenn Dunbar/LAT Images

O segundo GP da Fórmula 1 com presença de público teve seus ingressos esgotados. A corrida de Sochi, na Rússia, que acontece no próximo fim de semana, vai receber 30 mil pessoas entre a próxima quinta (24) e domingo (27). 

 

Após o GP da Toscana realizar a primeira experiência da temporada com portões abertos e lotação parcial, o circuito de Sochi será o segundo a ter público durante as corridas de 2020. Entretanto, a diferença entre a última prova e o GP desta semana é que na Toscana apenas cerca de três mil pessoas estiveram presentes como espectadores, enquanto no evento da Rússia serão esperadas um público praticamente dez vezes maior.  

 

De acordo com a organização do evento, os protocolos de segurança contra o coronavírus serão assegurados através de sete postos de segurança distribuídos ao redor do autódromo. Todas as pessoas que forem comparecer a corrida precisarão passar por um dos postos. 

 

Outro circuito que também pretende preencher boa parte da capacidade é o GP de Portugal, que acontecerá em Portimão, no Algarve. Nesta prova, espera-se um público de 45 mil pessoas. Até agora, 30 mil ingressos para a corrida, que está marcada para 25 de outubro, já foram vendidos.

 

Desde o GP da Toscana, as organizações das próximas corridas da temporada estão anunciando que também vão contar com a presença do público, como o GP de Eifel, em Nurburgring, e o GP Emilia-Romagna, que será no circuito de ímola.

 

Apesar da Rússia ter sido banida de eventos esportivos mundiais por quatro anos pela Agência Mundial de Antidoping (WADA), o país ainda pode sediar a corrida da Fórmula 1 por ter contrato com o automobilismo antes do início da investigação da WADA.

Histórico de Conteúdo