Comentarista diz que colocaria Marinho 'na senzala' e jogador desabafa sobre racismo
Foto: Reprodução / Instagram

O jogador Marinho desabafou em suas redes sociais, nesta sexta-feira (31), sobre ser alvo de um comentário racista após ser expulso no último jogo do Santos, que tirou a equipe do Paulistão. No Instagram, o atacante fez um publicação no seu feed e chorou em vídeos postados nos stories falando sobre preconceito. 

 

“É de sentir na pele, sabe?”, declarou Marinho. “Quando acontece com a gente, a gente sente mais. E eu brigo toda hora pela causa, porque quando a gente passa na pele é horrível e a gente não pode deixar passar isso”, defendeu o jogador. “Eu sei quem eu sou e sei o valor que eu tenho”, completou. Assista ao vídeo:

 

 

O caso aconteceu na última quinta-feira (31), após o jogador levar um cartão vermelho no jogo contra a Ponte Preta pelo Campeonato Paulista. O atacante foi alvo de comentário racista pelo comentarista Fabio Benedetti, que falou sobre a atitude do jogador que o fez ser penalizado: “Você é burro, você está na senzala”, falou em trasmissão pela rádio Energia 97.

 

Marinho falou durante os vídeos de desabafo que se esforça para dar o seu melhor pelo Santos e reconhece que sua postura no gramado não foi correta, mas que não aceita que uma crítica a sua postura profissional seja relacionada com sua pele. “(...) poderia ter ajudado, mas, pela atitude infantil, acabei prejudicando meus companheiros, comissão técnica, e já pedi perdão publicamente isso”, admitiu. 

O comentarista publicou um vídeo em seu Instagram pedindo desculpas ao jogador | Foto: Reprodução / Instagram

 

Benedetti chegou a entrar em contato com o jogador para pedir desculpas pela fala e também disponibilizou um vídeo publicamente declarando que o comentário foi “infeliz” e que é contra todo tipo de discriminação.

 

Marinho finalizou suas publicações declarando a injustiça que existe sobre o crime. “Isso mostra que pessoas que não têm voz ativa passam por coisas piores. A gente tem aceitado muito isso e a Justiça não pune esses caras preconceituosos, mas Deus perdoa”, completou.

 

Além dos vídeos, o jogador publicou uma foto com a filha sobre o orgulho da sua cor e um pedido de respeito. O Santos também fez uma postagem em suas redes sociais repudiando o racismo.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

O momento não é dos melhores! Essa foto mostra e minha filha alicia negra como EU, cabelo black ou trança, nada esconde quem somos, ser humano igual a qualquer outro, e ontem um rapaz aí após minha expulsão, acabou falando pra eu voltar pra senzala! Mandar amigos me chamar não prova pra mim que você é diferente, eu te perdoo e perdoei por mensagem no insta , porém o tom de deboche ao falar que eu tinha que ir pra senzala não pegou bem, tenho orgulho daminha cor, orgulho de onde vim, você é pai e ensine teus filhos a ser diferente de você em pensamento! Quero que você se retrate e que isso não se repita nunca mais, nem comigo nem com ninguém! Eu luto pela causa! Contra preconceito e qualquer outro tipo de descriminação seja ela racial ou não! Quer me julgar por atitude em campo?ok! Errei e estou aqui pra assumir, esse é apenas um desabafo de alguém que passou a noite toda chorando por um erro! Mais não significa que até minha Cor venha ser colocada em assunto! Sou preto e orgulhoso de quem sou! Ensinando minha filha como se deve andar e mostrar que é orgulho e não vergonha ser PRETO

Uma publicação compartilhada por ? ???????????????????????????? ? (@marinhoofficial) em

Histórico de Conteúdo