Ex-Vitória, William Farias, defende a volta do futebol: 'Quero voltar a trabalhar'
Foto: Divulgação/ Anderson Stevens/ Sport Recife

O meia William Farias, atualmente no Sport, é a favor de que as atividades no futebol comecem a voltar. em entrevista através de live para o Portal Futebol Nordeste, o ex-Vitória comentou que não concorda que a paralisação ainda permaneça e defende que, com as devidas medidas de segurança, o esporte deveria retornar.

 

“Todo mundo está na rua, por que a gente não pode voltar? Só o jogador de futebol tem que ficar em casa. Todo mundo está na rua, ninguém está respeitando”, argumentou o jogador, considerando injusto que os atletas estejam restritos em suas residências, enquanto outra parte da população esteja saindo às ruas. 

 

“Na minha opinião, eu acho (...) que, obviamente a gente tem que ter um cuidado especial por tudo que está acontecendo”, comentou Farias. “(...) o futebol tem que ter é uma carga de funcionários reduzida, fazer o teste em todo mundo, ter o acompanhamento. Porque não é fazer e ‘Ah, não tem [o vírus], beleza’. Tem que ser feito [os testes] durante as semana”, posicionou o atleta.

 

O meia também ressalta que, se os treinos voltarem em breve, deve manter a família afastada já que estará em contato com os colegas de time. “Eu por exemplo estou em Salvador, se eu for para Pernambuco no próximo mês ou daqui uma semana, minha família não vai. Eu vou ficar sozinho, isolado, já que estou indo por uma situação onde vários atletas vão estar no mesmo ambiente que eu e não sei quais são os cuidados que eles estão tendo”, explicou. 

 

No estado de Pernambuco, onde Wiliiam Farias joga,  a Secretaria de Saúde contabilizou, até o último boletim divulgado, 30.713 contaminações e 2.566 mortes pela Covid-19.

 

O jogador ressaltou ainda sua vontade de voltar aos gramados. “(...) eu quero que volte o futebol, quero voltar a trabalhar”, finalizou. 

 

Farias joga pelo Sport desde 2019. Iniciando sua carreira no Coritiba, o meia já passou pelo Cruzeiro, jogou pelo Vitória entre 2016 e 2018 e foi para o São Paulo logo depois, antes de ser contrato pela equipe pernambucana. 

 

No Nordeste o futebol ainda não teve liberação para os treinos das suas principais equipes. O Atlético-MG, Cruzeiro, Flamengo, Grêmio e Internacional são alguns dos clubes que já estão realizando suas atividades seguindo medidas de cautela para a saúde dos jogadores e integrantes das comissões. O presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, disse que aguarda o aval do governo para aprovação do protocolo de retomada do futebol no estado.

Histórico de Conteúdo