Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Wanderlei Silva recebe oferta de luta com Mike Tyson na volta do norte-americano aos ringues
Foto: Reprodução/Ethan Miller/Getty Images

Na semana de expectativas para o anúncio de quem vai lutar com Mike Tyson no seu retorno aos ringues, o lutador brasileiro Wanderlei Silva está entre as possibilidades. Após receber proposta do Bare Knuckle FC para lutar contra o norte-americano que, depois de aposentado, resolveu voltar a lutar aos 53 anos, o Cachorro Louco aceitou o desafio. 

 

"O Bare Knuckle me contatou perguntou se eu estava interessado em fazer uma luta contra o Mike Tyson nas regras deles [sem luvas]. Se eu teria coragem de fazer, foi a palavra que usaram. Falei que coragem eu tenho de sobra. Seria uma honra lutar contra o Mike Tyson, e se ele aceitar, vai ser um golaço", declarou Wanderlei ao UOL Esporte.

 

O Cachorro Louco recebeu uma proposta de US$ 10 milhões, equivalente a R$ 54 milhões, pela luta. Segundo o presidente do Bare Knuckle, em entrevista ao MMA Fighting, o dobro do valor foi oferecido a Mike Tyson, além da maior porcentagem de vendas para exibição em pay-per-view. 

 

“Eu ia adorar dar umas porradas no Mike Tyson. Quem não ia querer? Até levar umas também", brincou Wanderlei. “Tenho nome suficiente para poder dizer que faria uma luta com o Mike Tyson, que é um dos meus ídolos. Faço na regra dele e vou para ganhar. Essa luta tem tudo para ser uma das que mais vai vender da história", completou o lutador. 

 

O Cachorro Louco não entrar nos ringues desde 2018, perdeu para Rampage Jackson. Na carreira, Wanderlei Silva disputou pelo MMA, UFC, e pelo extinto Pride, onde conquistou cinturão.


Mike Tyson estava aposentado desde desde 2005, mas anunciou recentemente que estava treinando para voltar a lutar de forma beneficente. O treinador brasileiro Rafael Cordeiro vem ajudando o pugilista norte-americano a se preparar. A expectativa é que Tyson anuncie com quem será o duelo de retorno ainda esta semana.

Histórico de Conteúdo