Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 16 de Dezembro de 2019 - 13:30

Secretário não garante estreia, em casa, do Doce Mel no Pedro Caetano pelo Baianão

por Ailma Teixeira / Leandro Aragão

Secretário não garante estreia, em casa, do Doce Mel no Pedro Caetano pelo Baianão
Foto: Leandro Aragão / Bahia Notícias

O Doce Mel corre o risco de não estrear, como mandante, no Estádio Pedro Caetano, pelo Campeonato Baiano. A praça esportiva de Ipiaú serve de casa para a equipe que vai disputar a Série A estadual pela primeira vez na sua história. O compromisso está marcado para o dia 19 de janeiro, contra o Atlético de Alagoinhas, pela segunda rodada da competição. O equipamento está sendo reformado (relembre aqui), mas o titular da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães, não garante que as obras sejam concluídas a tempo.

 

"Está combinado que qualquer problema, a gente conversa com a Federação para que o Doce Mel possa atuar em outra área e a gente vai entrar nas negociações para facilitar. Não vai ter prejuízo para o Doce Mel", afirmou em entrevista do Bahia Notícias. "O governador já deu ordem de serviço. É possível que as adaptações sejam feitas no prazo correto para a disputa do Baiano", completou.

 

Apesar de ter divulgado a tabela dos jogos, Federação Bahiana de Futebol (FBF) ainda não divulgou os locais das disputas. No entanto, durante a campanha na Série B do Baianão neste ano, que culminou no acesso à elite, o Doce Mel mandou seus compromissos no Pedro Caetano.

 

Antes de jogar como mandante, o time vai estrear no Baianão 2020 como visitante, no dia 15 de janeiro, pela primeira rodada. O adversário será o Bahia de Feira.

Histórico de Conteúdo