Após marcar pênalti contra Paysandu, árbitro Leandro Vuaden revela estar sendo ameaçado
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O árbitro Leandro Vuaden revelou estar recebendo ameaças por ter marcado um pênalti contra o Paysandu. O Papão vencia o Náutico e conquistava o acesso quando a penalidade máxima foi assinalada pelo juiz aos 49 minutos do segundo tempo da partida de volta das quartas de final da Série C, no último domingo (8), nos Aflitos. Ele disse que já registrou queixa na Polícia.

 

"Neste momento estou cuidando da integridade da minha família devido às milhares de ameaças que venho recebendo, todas registradas no órgão competente, mas posteriormente estarei à disposição", resumiu em entrevista ao site "GloboEsporte.com".

 

Segundo Leandro Vuaden, as ameaças começaram algumas horas após a partida. O número de telefone do árbitro foi divulgado em grupos de torcedores do Paysandu que tem enchido a caixa de mensagens também com xingamentos.

 

No gramado, Náutico aproveitou a marcação do árbitro para empatar o duelo e, em seguida, venceu o confronto na disputa de pênaltis por 5 a 3. O Timbu avançou para a semifinal da competição e garantiu o acesso à Série B 2020. O Paysandu entrou com um pedido de impugnação do jogo no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), por causa da decisão de Vuaden.

Histórico de Conteúdo