Segunda, 11 de Fevereiro de 2019 - 16:30

'A gente gosta de desafios', diz Ricardo Silva, novo técnico do Jequié

por Gabriel Rios

'A gente gosta de desafios', diz Ricardo Silva, novo técnico do Jequié
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

Após perder Carlos Rabello para a Juazeirense, o Jequié agiu rápido e trouxe o técnico Ricardo Silva (veja aqui). O treinador, que chega para comandar o Jipão nas últimas quatro rodadas do Campeonato Baiano 2019, comentou a expectativa de assumir o clube e revelou ter recebido outras propostas.

 

"É um desafio. A gente gosta de desafios. O time vem de duas derrotas consecutivas, mas temos que esquecer o passado e pensar para frente. Procurar fazer de cada jogo uma decisão. Conheço alguns jogadores, é um elenco de qualidade. Presidente fez maior esforço para que seja um time competitivo. A torcida também é muito empolgante e vai nos ajudar demais. Tive outras propostas de outros clubes, mas escolhi o Jequié e estou indo para lá feliz. Procurar fazer um trabalho legal com a ajuda deles e da torcida. A ADJ representa uma cidade, temos que ter toda a responsabilidade", destacou o treinador em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Ricardo Silva admitiu que o presidente do clube, Leur Lomanto Jr, deu carta branca para contratações, mas salientou que primeiro analisará o elenco, junto a comissão técnica. 

 

"Eu gosto de chegar e ver. Ele me falou para ficar a vontade. Conversamos sobre o jogo de ontem. Vou conversar com a comissão que conhece o elenco para analisarmos juntos se tem a necessidade de trazer novas peças", afirmou. 

 

O primeiro desafio de Ricardo Silva será no domingo (17), diante do Flu de Feira, no Waldomirão, pela 6ª rodada do certame estadual. 

 

"Temos que pensar no Fluminense de Feira para fazermos o melhor possível. Fazer uma estreia boa. Sempre falo que quem entra em campo são os jogadores, mas temos que dar o máximo nos treinamentos", finalizou. 

 

Ricardo Silva tem 59 anos e acumula passagens pelo Atlântico, Jacobina, Asa de Arapiraca e Vitória. Pelo Leão, ele foi campeão baiano, da Copa do Nordeste e vice-campeão da Copa do Brasil, todos na temporada de 2010. O treinador vai assumir o  comando do Jequié nesta terça-feira (12).

 

O Jequié ocupa a sexta colocação na tabela de classificação do Baiano com cinco pontos.

Histórico de Conteúdo