Quinta, 03 de Dezembro de 2015 - 00:00

Clubes ignoram regulamentação da CBF e vaga da Bahia para Série D em 2017 fica em aberto

por Edimário Duplat

Clubes ignoram regulamentação da CBF e vaga da Bahia para Série D em 2017 fica em aberto
Foto: Divulgação
Na reunião realizada na sede da Federação Bahiana de Futebol (FBF), na última terça-feira (1º), os clubes baianos que participaram do Conselho Técnico para o Baianão 2016 decidiram que não seguirão uma determinação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) relacionada aos Campeonatos Brasileiros da Série D dos próximos dois anos. Com esta decisão das equipes, a FBF terá que realizar um torneio seletivo para determinar os dois participantes do certame nacional em 2017. Em ofício enviado no dia 5 de novembro para todas as 27 federações estaduais, a Confederação determinou que os clubes que conseguirem vaga para a quarta divisão de 2016 terão vaga automática para o torneio de 2017. A exceção ficaria por conta da criação de um torneio seletivo, ainda em 2016, para se determinar os participantes da Série D da próxima temporada.  Esta competição deverá ser disputada até o dia 31 de outubro por um mínimo de quatro clubes e com todos os integrantes sendo da primeira divisão em sua região.

 


Colo Colo disputou a Série D em 2015 | Foto: Reprodução / Trivela

Procurada pelo Bahia Notícias, a CBF esclareceu que o documento enviado as suas filiadas não é uma recomendação e sim uma regulamentação para aperfeiçoar o calendário nacional de competições. Para as próximas temporadas, a entidade exige que os selecionados para os seus torneios sejam escolhidos nos anos anteriores à disputa do certame, como já acontece nos casos da Copa do Brasil e Copa do Nordeste. Dessa maneira, em 2017, os participantes da Série D já devem estar definidos desde as competições realizadas em 2016. Por conta da ressalva da criação de um torneio seletivo no próprio oficio da CBF, essa seria a única maneira da Bahia ter representantes na quarta divisão de 2017 em caso de negação da equipe que garantir vaga no estadual de 2016. Atualmente, a Copa Governador do Estado segue os parâmetros exigidos pela Confederação e deverá ser a alternativa para a Federação Bahiana de Futebol. Procurado pelo Bahia Notícias para comentar a questão, o presidente da FBF, Ednaldo Rodrigues, não foi encontrado.

Histórico de Conteúdo