Sábado, 11 de Agosto de 2012 - 16:20

Brasil supera primeiro set ruim, vence americanas e conquista o ouro no vôlei feminino

por Cláudia Callado

Brasil supera primeiro set ruim, vence americanas e conquista o ouro no vôlei feminino
Pelo primeiro set da final do torneio de vôlei feminino dos Jogos Olímpicos de Londres, parecia que a Seleção Brasileira seria derrotada facilmente pelos Estados Unidos. Mas as atletas comandadas por Zé Roberto Guimarães mostraram superação e, em mais uma excelente partida, derrotaram as americanas por 3 sets a 1, com parciais de 11 a 25, 25 a 17, 25 a 20 e 25 a 17, e conquistaram a medalha de ouro, a terceira do Brasil. Com a vitória, as brasileiras se tornaram bicampeãs olímpicas. 
 
O jogo
Ainda muito nervoso, o Brasil pouco fez no primeiro set, no qual tinha dificuldade em todos fundamentos, principalmente no ataque. As brasileiras respeitaram demais as adversárias e deixaram as americanas jogarem com tranquilidade. O resultado da “falta de jogo” brasileiro foi um final de set com parcial de 11 a 25. 

Já no segundo set, o Brasil voltou com a formação titular e abrindo o primeiro ponto com Jaqueline. Bem na defesa, a seleção conseguiu abrir três pontos de vantagem no início da segunda etapa. No entanto, após ralis disputados, os EUA conseguiram empatar.  Com uma postura diferente do primeiro set, as brasileiras conseguiram se manter na frente do placar durante os 10 primeiros pontos. A vantagem permaneceu durante todo set e o Brasil conseguiu empatar o jogo fechando o segundo quarto em 25 a 17.

Enquanto as brasileiras voltaram para o terceiro set empolgadas com a boa atuação e a superação na etapa anterior, as americanas sentiram o mau momento e o Brasil conseguiu abrir quatro pontos de vantagem. No entanto, os Estados Unidos cresceram e equilibraram mais a partida. Mesmo assim, o bom momento desempenho da seleção não diminuiu e, com Jaque inspirada no ataque, venceu a seleção americana com parcial de 25 a 20. 

Empolgadas, as meninas brasileiras voltaram para o quarto e decisivo set com a mesma garra. Com Fabiana muito bem no bloqueio, a Seleção abriu três pontos de vantagem no início do set. As duas equipes precisavam brigar contra a ansiedade e acabavam errando muito, principalmente as americanas, sendo a partida em que elas mais erraram nos Jogos Olímpicos. Com pontos sensacionais e jogando uma partida incrível, o Brasil conseguiu seis pontos de vantagem. Os Estados Unidos ameçaram uma reação no final do set, mas os erros persistiram e a vantagem continuou brasileira. E, com o set fechado com parcial de 25 a 17 , o ouro, merecidamente, ficou com a seleção verde a amerela, 

Histórico de Conteúdo