Domingo, 12 de Maio de 2013 - 18:46

Angioni entrega o cargo e não é mais diretor de futebol do Bahia

por Felipe Santana

Angioni entrega o cargo e não é mais diretor de futebol do Bahia
Foto: Felipe Santana / Bahia Notícias
A histórica goleada sofrida para o Vitória, na tarde deste domingo (12), na Arena Fonte Nova, surtiu efeitos imediatos no Esporte Clube Bahia. Cerca de quarenta minutos depois do jogo, ainda no estádio, o gestor de futebol Paulo Angioni entregou o cargo.
 
O dirigente tricolor, através da assessoria de imprensa do clube, informou a decisão. Na tarde desta segunda-feira (13), na sala de imprensa do Fazendão, o agora ex-gestor concederá entrevista coletiva.

Aos 65 anos, Paulo Sérgio Scudieri Angioni deixou o comando do futebol do tricolor após três temporadas. Em 2010, no seu primeiro ano de gestão, ajudou o clube no retorno à elite do futebol brasileiro.

A relação, porém, com o passar dos anos, ficou abalada com inúmeras contratações que não deram certo, além do fraco desempenho nos campeonatos nacionais. Foram mais de cem jogadores em Salvador no período da sua gestão.

Angioni, ainda que contestado pela torcida, sempre foi muito bem visto pelos jogadores. Era uma pessoa de excelente relacionamento dentro elenco e, somado a boa relação com membros da diretoria, se tornavam fatores para sua permanência.

No início da temporada, apesar da sondagem do Grêmio, o agora ex-gestor de futebol do Bahia confirmou a permanência no clube. A decisão, no entanto, durou apenas cinco meses.

Histórico de Conteúdo