Quarta, 13 de Março de 2013 - 13:00

Ingressos: Torcida Bamor admite ter regalias

por Felipe Santana

Ingressos: Torcida Bamor admite ter regalias
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
A confusão envolvendo a maior torcida organizada do clube, Mancha Verde, e os jogadores do Palmeiras, no aeroporto Aeroparque de Buenos Aires, após a derrota para o Tigre pela Taça Libertadores, fez o Bahia Notícias apurar como anda a relação do Esporte Clube Bahia com suas maiores torcidas organizadas.

A Torcida Bamor, considerada a maior delas, foi enfática ao dizer que não recebe ingressos da diretoria do clube. O vice-presidente Cristóvão Contreiras, hoje, também funcionário do clube com a missão de estreitar o relacionamento com os torcedores, reconhece que a prática já existiu, porém, pouco antes da primeira gestão de Marcelo Guimarães Filho, os membros da Bamor passaram a ter apenas algumas vantagens.

- Não vou negar que isso, há muito tempo, já existiu. Mas, antes mesmo de Marcelinho assumir, a Bamor não recebia mais ingressos. Existe uma cota separada para que a gente, em todos jogos, consiga pagar um preço mais barato. Existe apenas uma facilitação na compra dos ingressos – revelou ao Bahia Notícias.

A boa relação entre Bamor e Esporte Clube Bahia segue também quando o tricolor baiano vai jogar fora de casa. Quando isso acontece, a depender do clube mandante, o clube oferece um número determinado de ingressos para torcida.

- Quando o Bahia vai jogar fora, dependendo de quem seja o adversário, a gente consegue alguns ingressos. Agora, em relação a viagem, a Bamor não tem qualquer vínculo com o Bahia. Não existe dependência. Nós fazemos todas as viagens por conta própria, e isso acontece quando vendemos nossas viagens para acompanhar o time – explicou.

Histórico de Conteúdo