Bellintani explica divisão do Bahia entre Baiano e Nordestão: 'Os dois treinados por Roger'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Durante o "Ao Vivaço", programa da plataforma "Sócio Digital", o presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, explicou como será a divisão do elenco entre a Copa do Nordeste e o Campeonato Baiano. Segundo o mandatário, os times serão treinados por Roger Machado.

 

Na próxima quarta-feira (22), o Esquadrão enfrentará o Náutico, em Pituaçu, pelo regional. Um dia depois, será a vez de enfrentar o Atlético de Alagoinhas, pelo estadual.

 

"Nós vamos com dois times, os dois treinados por Roger. Times que estão treinando junto, mesma filosofia. Devem ter dificulda de entrosamento, principalmente do time B, que vai ser uma mistura dos suplentes com alguns destaques do time de transição. Acredito que seja isso, mas isso compete a Roger. Nosso planejamento é jogar com um time na quarta e outro na quinta. Provavelmente o de quarta se repete no sábado, e da quinta no domingo, com alguns ajustes de lesão, cartão", disse.

 

O presidente do Esquadrão de Aço destacou a dificuldade para lidar com o calendário apertado e lembrou do fim do time de transição em virtude da pandemia do novo coronavírus. Para enfrentar a maratona, Bellintani citou a inclusão de jogadores da base, como os laterais Matheus Bahia e Douglas Borel. Outro que já está integrado é o atacante Thiago Andrade.

 

"A gente tem dificuldade de completar Campeonato Baiano e Copa do Nordeste. Naturalmente, a gente encerrou projeto do time de transição como bloco autonomo, mas grande parte dos jogadores que tiveram destaque estão inseridos. Hoje o sócio viu mais de 30 atletas em campo. Ano passado a gente passou com 26, 27 atletas. Hoje, contando com goleiros, estamos com 36, 37 atletas. Ainda tem menino da base vindo. A gente está botando fé nos meninos da base no ano que calendário vai ser apertado. Além de Tiago tem outra galerinha subindo. Tivemos Alesson do time de transição, Mateus Bahia, Borel, que vai estar chegando. A gente vai ter uma galera do time sub-20 subindo. Está na hora", pontuou.

 

O Esquadrão de Aço completa nesta quinta um mês de treinos presenciais após a longa paralisação para evitar o contágio da doença.

Histórico de Conteúdo