Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 08 de Março de 2022 - 10:54

Prates diz que 'já temos condições' para debater mudança no status de pandemia

por Gabriel Lopes / Bruno Leite

Prates diz que 'já temos condições' para debater mudança no status de pandemia
Foto: Max Haack / SECOM PMS

O titular da Secretaria de Saúde de Salvador, Leo Prates, declarou nesta terça-feira (8) que apoia a discussão sobre a mudança no status de pandemia da Covid-19 para endemia.

 

Para o secretário, a taxa de ocupação de leitos exclusivos para o tratamento de pacientes com a doença, e o baixo índice do fator RT (que mede a incidência de infecções pela Covid-19) justificam a decisão.

 

"Eu pessoalmente sou favorável porque nós temos hoje um problema maior com as pessoas passando fome do que pessoas de coronavírus", ponderou Prates, que acredita que a medida não irá refletir no custeio de vagas no Sistema Único de Saúde (SUS).

 

A atenção da SMS estará voltada durante o mês de abril para o pico de doenças respiratórias que é comum nesta época do ano. No entanto, na avaliação da secretaria, isso não deve refletir num aumento do número de internações. 

 

"Salvador está alcançando médias que eu tenho conversado com secretários de capitais e eles ficam impressionados, em segunda dose estamos em 91% e terceira dose estamos em 50%", disse. Uma estratégia específica para o período com o objetivo de vacinar a população contra a gripe. 

 

De acordo com o secretário Leo Prates, já se pode pensar na flexibilização de atividades econômicas, mas, pelo cenário incerto, a flexibilização do uso de máscaras - anunciada recentemente pelo Rio de Janeiro - deve ser avaliada com muito cuidado.

Histórico de Conteúdo