Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

CES-BA pede criação de plano de retaguarda contra Covid e redução de público em eventos
Foto: Reprodução / Instagram

O Conselho Estadual de Saúde da Bahia (CES-BA)  solicita ao governo estadual e prefeituras das 417 cidades baianas a criação de um plano de retaguarda e prevenção contra a nova onda da Covid-19 e gripe, a redução de público em eventos realizados no estado e a abertura de mais leitos de UTI.

 

Em nota, o órgão responsável por fiscalizar o SUS, alerta que o sistema público de saúde vem dando sinais de colapso e a criação do plano de retaguarda pode auxiliar neste sentido.

 

“Apelamos para que as autoridades não esperem o caos aumentar e iniciem já as medidas de proteção e prevenção para a população, incentivando, inclusive, campanha de vacinação das crianças contra a covid-19”, aponta Marcos Sampaio, presidente do CES-BA.

 

Para Sampaio, a recomendação enviada ao governador Rui Costa sobre a redução do público em eventos, é uma das opções de evitar o colapso das unidades de saúde.

 

"Não podemos dizer para a população pobre que a ela se vai se aplicar medidas duras, mas para o rico tá tudo liberado. Suspenderam a Lavagem do Bonfim, mas liberam o Bonfim privado. O sistema público de saúde é único. Temos que unificar as medidas e não punir as classes sociais mais baixas. O público rico nas festas vai se contaminar e pode sair espalhando. Precisamos barrar a circulação nesse novo momento dramático", completa Sampaio.

Histórico de Conteúdo