Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bahia vai adquirir absorventes para estudantes em situação de vulnerabilidade social
Foto: UNICEF / Elias Costa

O governo da Bahia vai adquirir absorventes descartáveis para distribuir para mulheres que estudam na rede estadual e sofrem com a chamada "pobreza menstrual". Foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje (5) o aviso de licitação para a aquisição do material, através do programa Dignidade Menstrual.

 

De acordo com a gestão, serão beneficiadas cerca de 225 mil estudantes regularmente matriculadas na rede estadual de ensino, em situação de pobreza ou extrema pobreza, na faixa etária de 11 a 45 anos.

 

Além da entrega dos absorventes, o programa Dignidade Menstrual deve contemplar uma série de iniciativas que abordam o tema pedagogicamente nas escolas. 


Na última terça-feira (28), o Legislativo estadual aprovou o Projeto de Lei nº 24.107/2021, que inclui na Política Estadual de Saúde da Mulher um capítulo voltado para a conscientização e combate à pobreza menstrual na Bahia (relembre aqui).

 

O PL prevê que uma série de ações voltadas para a promoção da saúde menstrual sejam pomovidas, entre elas o acesso gratuito a absorventes higiênicos nas escolas, unidades de saúde e unidades prisionais em todo o estado.

Histórico de Conteúdo