Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 14 de Setembro de 2021 - 10:15

Salvador divulga 'passaporte' da vacinação e articula aceitação da ferramenta em viagens

por Jade Coelho / Gabriel Lopes

Salvador divulga 'passaporte' da vacinação e articula aceitação da ferramenta em viagens
Foto: Jade Coelho / Bahia Notícias

Após o governo da Bahia divulgar que planeja exigir o "passaporte da vacina" para ambientes coletivos, a prefeitura de Salvador divulgou detalhes da sua carteira de vacinação digital na manhã desta terça-feira (14). Segundo o prefeito Bruno Reis, a ferramenta permitirá maior facilidade para o cidadão comprovar o estado do seu processo de vacinação.

 

O gestor também revelou que a prefeitura vai se articular com embaixadas para que o aplicativo seja aceito para viagens internacionais.

 

"Esse cartão vai permitir que o cidadão, a depender das exigências que venham a surgir em relação às vacinas tomadas, como viagens e eventos, possam comprovar o seu processo de vacinação. A ferramenta pode ser acessada tanto nos sistemas Android ou iOS, facilitando assim a vida das pessoas. Estamos mantendo entendimentos com embaixadas, inclusive, para comprovação da vacinação para viagens internacionais", afirmou Bruno Reis durante a apresentação da ferramenta no Teatro Gregório de Mattos.

 

Quem reside em Salvador e iniciou ou completou o ciclo de imunização contra o coronavírus pode, a partir desta terça-feira (14), obter a Carteira de Vacinação Digital (CVD). O processo é gratuito e pode ser feito através do site www.cvd.saude.salvador.ba.gov.br.

 

A plataforma terá três status de atualização vacinal: se a pessoa não tomou nenhuma dose da vacina contra a Covid-19, por exemplo, o sistema indicará o status “Sem Registro de Vacinação”. As demais situações são “Parcialmente Vacinado” (quando existir apenas o registro da primeira dose e se estiver com a segunda dose em atraso) ou “Totalmente Vacinado” (quando estiver com o registro da 1ª e 2ª doses ou dose única).

Histórico de Conteúdo