Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Anvisa autoriza estudo clínico de vacina Sanofi Pasteur; testes acontecem também na Bahia
Foto: Jefferson Peixoto/PMS

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta terça-feira (6) a realização de estudos clínicos da vacina contra Covid-19 da farmacêutica Sanofi Pasteur no Brasil.

 

Segundo a Agência, o estudo clínico será de fase 1/2 e deve envolver 150 voluntários no Brasil com 18 ou mais anos de idade. O objetivo do estudo é testar três diferentes dosagens da vacina para definir a dose ideal antes de prosseguir para um estudo de fase III.

 

O estudo prevê a aplicação de duas doses, com 21 dias de intervalo, e será conduzido nos estados da Bahia (BA), Minas Gerais (MG), Mato Grosso do Sul (MS) e Rio de Janeiro (RJ). Ainda de acordo com a Anvisa, o início do estudo depende apenas da apresentação dos resultados dos estudos de estabilidade da vacina, que definem o prazo de validade do produto.

 

A vacina candidata usa uma tecnologia de RNAm (RNA mensageiro) encapsulado dentro de uma nanoarticulação lipídica (LNP) que protege o RNAm da degradação.

 

No mundo, o ensaio de fase 1/2 deve acontecer também nos EUA, Honduras e Austrália. O desenvolvimento clínico está sendo patrocinado pelo laboratório Sanofi Pasteur.

 

Este é o nono estudo de vacina contra Covid-19 autorizado pela Anvisa para o Brasil. As outras pesquisas já autorizadas são da Pfizer, Astrazeneca, Coronavac, Janssen, Clover, Medicago, Janssen e Covaxin.

Histórico de Conteúdo