Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Ministério estuda campanha de testagem da população para Covid-19, diz Queiroga
Foto: Secom/Prefeitura de Salvador

O Ministério da Saúde analisa a possibilidade de fazer uma ampla campanha de testagem da população brasileira para o novo coronavírus. A informação foi dada pelo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, neste domingo (16). 

 

O ministro também falou sobre a paralisação da produção de vacinas contra o coronavírus pelo Instituto Butantan pela falta do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA). Queiroga ressaltou que a carência da matéria-prima é mundial. “É importante passar uma mensagem positiva para a sociedade brasileira, e não essa cantilena de que está faltando [IFA]. O Brasil precisa de tranquilidade para superarmos juntos essa dificuldade sanitária”, disse.

 

Ainda sobre a dificuldade na aquisição de vacinas, o ministro lembrou que o Brasil faz parte do acordo Covax Facility, que alocou US$ 150 milhões para garantir a cobertura vacinal de 10% da sua população. “A prova dessa dificuldade de doses é que mesmo a OMS [Organização Mundial da Saúde] tem dificuldade de entregar as doses que se comprometeu conosco e nem por isso nós ficamos criticando a OMS”, disse Queiroga.

 

Queiroga acrescentou que o Brasil tem um trabalho diuturno para ter mais vacinas. Ele disse que, nesse sentido, o país é o quinto que mais distribui doses. “O Brasil está indo bem na campanha de vacinação. Poderia ir melhor? Claro que sim, se tivéssemos mais doses”, ressaltou.

Histórico de Conteúdo