Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 14 de Maio de 2021 - 10:40

Covid: Erro pode ter permitido cadastro de pessoas sem prioridade para vacina em SSA

por Jade Coelho / Bruno Luiz

Covid: Erro pode ter permitido cadastro de pessoas sem prioridade para vacina em SSA
Foto: Bruno Concha/Secom

Um erro técnico no sistema da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Salvador pode ter permitido que pessoas sem nenhuma doença crônica, e, portanto, fora do grupo prioritário, tenham acesso a vacina contra a Covid-19. A gestão municipal disponibilizou um portal em parceria com o Conselho de Medicina (Cremeb) onde médicos devem cadastrar os pacientes com comorbidades para que eles sejam incluídos na lista de pessoas aptas à vacinação.

 

Um link que direciona diretamente para a página de um médico cadastrado ficou disponível e era possível que qualquer pessoa com cadastro ativo no SUS em Salvador preenchesse CPF e data de nascimento e fosse direcionada para a página que gera a validação da comorbidade.

 

Na página constavam dados já preenchidos de um médico de prenome Gustavo. As informações disponíveis incluíam CPF, cadastro no conselho de medicina (CRM) e telefone. A equipe do Bahia Notícias verificou o portal e, mesmo mudando os dados para CPFs de pessoas diferentes, o sistema apresentava informações do mesmo médico. O sistema permitia que o médico fosse alterado quando um novo CPF de um profissional era colocado no campo destinado a essa informação

 

Não há informação de por quanto tempo o link ficou disponível antes do erro ser identificado.

 

Também não é possível identificar ainda se houve registros falsos de comorbidades e quantas pessoas teriam realizado esses cadastros.

 

O prefeito de Salvador Bruno Reis (DEM) afirmou que já é previsto que qualquer pessoa possa fazer o cadastro, mas só o médico pode finalizar e enviar o formulário, por meio de senha própria. O Bahia Notícias não tentou finalizar o cadastro por motivos éticos. Sobre a questão da exposição de dados do profissional, o prefeito disse ser uma forma de “agilizar” o processo.

 

Procurada, a SMS disse que entrou em contato com o setor responsável. Mas até a publicação desta matéria não deu um novo retorno.

 

No momento da publicação o link já não estava mais disponível.

Histórico de Conteúdo