Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Contratos do 'Mais Médicos' que encerrariam em abril serão prorrogados por um ano
Foto: Reprodução/Pixabay

O tempo de vigência do contrato de profissionais do 19º ciclo do programa Mais Médicos pelo Brasil, previsto para acabar em abril, foi prorrogado pelo Ministério da Saúde por mais um ano. A decisão aconteceu devido ao momento crítico vivenciado por municípios de todo o Brasil, que passam atualmente pelo período mais grave da pandemia da Covid-19.

 

A situação preocupava médicos do programa em Salvador, que até a semana passada, não sabiam se teriam o contrato prorrogado. Esses profissionais estão atuando nas Unidades Básicas de Saúde da cidade, e ponderavam que a substituição em meio à pandemia poderia gerar desassistência.

 

O temor era compartilhado pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Salvador. Em nota, a pasta informou que através do edital de adesão aos municípios, aderiu ao décimo nono ciclo, que estava com processo de vigência até abril de 2021, o que gerava a insegurança não só dos profissionais de saúde atualmente vinculados aos municípios, como para a gestão municipal. “Por estarmos no momento mais crítico da pandemia, o que geraria a desassistência nas comunidades mais carentes da capital baiana”, diz o texto enviado pela pasta ao BN .

 

“Através de mobilização dos gestores municipais, o Ministério da Saúde, publicou edital de prorrogação do referido ciclo, que indica a renovação automática dos contratos vigentes”, ressaltou a SMS.

 

A Secretaria da Saúde ainda destaca que cabe ao médico informar o desinteresse na permanência no projeto ou ao gestor municipal o desinteresse em médicos que ao logo do ciclo apresentaram conduta não condizente com a PNAB.

Histórico de Conteúdo