Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Setor privado negocia compra de 5 milhões de doses de vacina indiana anti-Covid-19
Foto: Reprodução/Pixabay

O setor de clínicas de imunização privadas está em negociação para adquirir cinco milhões de doses da vacina contra a Covid-19 Covaxin. O imunizante foi desenvolvido pela farmacêutica indiana Bharat Biotech. A informação foi divulgada pela Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVAC) neste domingo (3). 

 

A expectativa da ABCVAC é de que o lote com as cinco milhões de doses devem vir ao mercado brasileiro até março. 

 

A Covaxin obteve no sábado (2), recomendação de uso emergencial na Índia, mas os dados sobre a sua eficácia ainda são desconhecidos. As informações são de reportagem do Estadão.

 

Apesar das negociações em andamento, a aquisição do imunizante depende da certificação e autorização da vacina pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). 

 

De acordo com a reportagem, representantes da ABCVAC preparam uma viagem à Índia nos próximos dias para discutir a compra.

 

“A vacina, administrada em duas doses com intervalo de duas semanas entre elas, induziu um anticorpo neutralizante, provocando uma resposta imune e levando a resultados eficazes em todos os grupos de controle, sem eventos adversos graves relacionados a? vacina. Na última fase antes da liberação para uso emergencial, ela foi aplicada em 26 mil voluntários em 22 localidades da Índia”, afirma a ABCVAC. Os dados sobre os estudos finais da vacina ainda não foram publicados.

 

Procurada pela reportagem, a Bharat Biotech afirmou que deu início ao procedimentos junto à Anvisa para “submissão contínua” dos resultados.

 

Este procedimento foi adotado pela Anvisa na pandemia para análise de dados, por etapas, das candidatas da vacina contra a Covid-19. O Estadão destaca que a entrega de documentos ainda não começou.

Histórico de Conteúdo