Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Vilas-Boas nega 2ª onda, mas alerta: menor redução de casos indica retomada de contágio
Foto: Paulo Victor Nadal/Bahia Notícias

Em meio aos casos de países europeus que estão sofrendo com a segunda onda de infecções da Covid-19, o secretário da Saúde da Bahia (Sesab), Fábio Vilas-Boas, publicou gráficos para mostrar que a Bahia está em uma situação de platô da curva de contaminação, mas alertou para a possibilidade de uma retomada do processo de contágio em publicação no Twitter nesta segunda-feira (26).

 

Vilas-Boas deixa clara a possibilidade ao explicar que "esse platô, na sequência da forte redução que vinha ocorrendo (queda sustentada), significa uma retomada do processo de contágio".

 

"Não podemos chamar de segunda onda, muito menos semelhante ao que está ocorrendo na Europa, mas esses dados nos alertam sobre as consequências do descontrole que está ocorrendo em algumas cidades".

 

Nas últimas semanas o continente europeu voltou a registrar altos números de novos casos, o que acendeu o alerta. Os países da Europa passaram pelo primeiro pico da pandemia quando a doença chegou ao Brasil, nos meses de fevereiro e março. Agora eles têm reforçado medidas para tentar evitar uma nova alta dos casos de coronavírus (leia aqui, aqui e aqui).

Histórico de Conteúdo