Com mais US$ 15 bi, OMS diz que consegue colocar Covax no ar nos próximos dias
Foto: Divulgação / ONU

Quinze bilhões de dólares (R$ 81 bilhões). Esse é o dinheiro que a Organização Mundial da Saúde (OMS) precisa para colocar o Covax no ar nos próximos dias, segundo estimativa do diretor geral da entidade Tedros Adhanom.

 

A justificativa do valor é o investimento no Acelerador de Acesso às Ferramentas (ACT), que pretende a divisão equitativa de vacinas, tratamentos e diagnósticos da Covid-19, segundo o site UOL.

 

O projeto da Covax, incluso no ACT, já possui 64 países de alta renda. Outros 38 devem confirmar a presença nos próximos dias. A ideia da OMS é assinar acordos de compras com produtores de vacina.

 

"Quase 200 vacinas estão em fase de estudo clínico e outras pré-clínico. O Covax permite aos governos reduzir o risco e que a população tenha acesso precoce a vacinas eficazes", disse o diretor-geral.

 

Vale lembrar que cerca de US$ já foram investidos no ACT, por meio de governos e parcerias privadas. A meta de US$ 31 bilhões deve ser alterada para US$ 37 bilhões, para, segundo Tedros "cuprir com nossos prazos mais ambiciosos".

 

Por fim, a OMS lembra que a meta é ter 2 bilhões de doses da vacina distribuídas até o final de 2021. 

Histórico de Conteúdo