Saúde prepara plataforma de acompanhamento em tempo real da ocupação de leitos
Foto: Fernando Vivas/GOVBA

O Ministério da Saúde prepara uma plataforma para acompanhamento em tempo real da ocupação de leitos no país. De acordo com a Folha de S. Paulo, a ferramenta será lançada nos próximos dias. Estados e municípios serão obrigados a informar a situação de cada local, sob risco de não receberem os repasses de recursos de média e alta complexidade. A reportagem indica que o painel está em fase final de elaboração.

 

O tema ocupação de leitos está incluído na proposta de ministério lançada nesta semana e que prevê uma transição para a recomendação de distanciamento social seletivo, focado em idosos e pessoas com doenças crônicas, grupo de risco para a Covid-19. Deste modo, pessoas com idade inferior a 60 anos que não tenham os sintomas podem circular livremente. O objetivo da estratégia é promover o retorno gradual às atividades econômicas.

 

Segundo a Folha, a intenção do Ministério da Saúde é de aplicar o modelo em estados e municípios cuja quantidade de casos confirmados de coronavírus não tenha causado impacto severo no sistema de saúde –ou seja, em mais de 50% da capacidade instalada de leitos.

Histórico de Conteúdo