Hospitais não preenchem fichas de pacientes e dificultam identificação de casos de Covid-19
Foto: Carla Ornelas/GOVBA

Os hospitais baianos não têm preenchido de maneira adequada as fichas de pacientes com suspeita de infecção pelo novo coronavírus encaminhadas ao Laboratório Central do Estado (Lacen). O problema foi apontado pelo secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, durante transmissão ao vivo nas redes sociais nesta quinta-feira (26).

 

O titular da Sesab destacou que a falta de informações dificulta o trabalho da pasta na identificação, diagnóstico e medidas para evitar a propagação do vírus e da doença entre a população baiana.

 

Ainda conforme Vilas-Boas, o problema vem sendo identificado principalmente entre os hospitais particulares. “Lamentavelmente muitas fichas que chegam vem extremamente mal completas, muitas delas de hospitais privados, que colocam apenas o nome do paciente”, reclamou. O secretário emendou a fala a um pedido para que as unidades de saúde se atentem e completem as fichas com todas as informações necessárias.

 

A Sesab pede que além das informações pessoais dos pacientes, sejam incluídos o endereço, as pessoas com quem aquele paciente teve contato, além dos locais que frequentou recentemente.

Histórico de Conteúdo