Anvisa descarta suspeita de coronavírus em passageiros de navio no Porto de Santos
Foto: Leandro Bastos

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) descartou a suspeita de coronavírus nos passageiros do navio Kota Peminpim, que deve atracar no Porto de Santos, nesta segunda-feira (17).  A embarcação, que é de bandeira chinesa, saiu de Singapura.

 

A informação de que havia dois passageiros com suspeita de ter contraído a doença foi divulgada depois que os gestores da embarcação entregaram os documentos necessários para atracar no porto. Na lista, estava o livro médico de bordo, com indicativo de que havia duas pessoas com sintomas gripais durante a viagem, como tosse e dor de garganta.

 

"Até o momento, não há nenhum motivo para preocupação", disse a Anvisa ao descartar a presença do vírus. Ainda assim, a agência vai fazer uma avaliação no navio, junto ao Ministério da Saúde e à vigilância epidemiológica do estado de São Paulo e do município de Santos.

 

É importante esclarecer que o Porto de Santos dispõe de um plano de contingência para eventos de interesse em saúde pública, que poderá ser acionado caso seja identificado algum risco sanitário ou epidemiológico em qualquer embarcação que atraque”, acrescenta a Anvisa no comunicado. A entidade vai observar as condições clínicas da tripulação.

 

O coronavírus já matou mais 1,7 mil pessoas na China e outras três nas Filipinas, no Japão e na França. Até o momento, nenhum caso foi confirmado no Brasil, que atualmente possui quatro suspeitas.

Histórico de Conteúdo