Quarta, 05 de Fevereiro de 2020 - 20:20

Bolsonaro considera portadores de HIV 'despesa para todos'

Bolsonaro considera portadores de HIV 'despesa para todos'
Foto: Alan Santos / PR

Na visão do presidente da República Jair Bolsonaro, pessoas portadoras do vírus HIV, transmissor da Aids, são "uma despesa para todos no Brasil", além de um "problema sério" para a própria pessoa. A afirmação foi feita nesta quarta-feira (5), quando o chefe do Executivo saiu em defesa da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.

 

"Uma pessoa com HIV, além do problema sério para ela, é uma despesa para todos no Brasil", disse o presidente, usando como exemplo um relato do jornalista Alexandre Garcia, sobre a experiência da esposa, que é obstetra. "O próprio Alexandre Garcia, ele fala que a esposa dele, que é obstetra, atendeu uma mulher que começou com o primeiro filho com 12 anos de idade. Outro com 15, e no terceiro, que a esposa dele atendeu, ela já estava com HIV", disse Bolsonaro, na saída do Palácio da Alvorada.

 

Na ocasião, Bolsonaro criticou os que "esculhambam" Damares e citou sua própria filha, Laura, dizendo que não quer ver ela grávida com 10 anos.

Histórico de Conteúdo