Salvador terá 20 novos postos de saúde e mais médicos residentes em 2020  
Foto: Max Haack/Secom

Até o final de 2020 serão inauguradas em Salvador 20 unidades de saúde. A informação foi anunciada pelo prefeito ACM Neto (DEM) nesta terça-feira (21) na ocasião em que assinou a ordem de serviço para a construção da Unidade de Saúde da Família (USF) Nova Sussuarana I, na Rua Santíssima Trindade. O democrata também assinou o convênio com a Fundação Estatal Saúde da Família (Fesf/SUS), que possibilitará a inclusão de mais 24 residentes que atuarão nos postos de saúde municipais.

 

“São investimentos muito importantes. No ano passado, a atenção básica só atingia 13% da população nesta região e estamos caminhando para, no fim de 2020, chegar a mais de 54% de cobertura de saúde, saindo de nove para 53 equipes de saúde da família. Sussuarana mesmo tinha uma carência muito grande na área de saúde e a Prefeitura, entendendo isso, não só construiu um posto que funciona hoje (USF Raimundo Agripino, entregue em 2014) como vamos construir mais dois apenas aqui no bairro”, discursou ACM Neto.

 

De acordo com informações da prefeitura de Salvador, a USF Nova Sussuarana I contará com investimento de R$1,4 milhão. A área construída será em torno de 600 m². A previsão da gestão municipal é de que a unidade seja entregue no primeiro semestre de 2021, com capacidade para atender a 16 mil pessoas residentes na região. O posto terá quatro equipes de saúde da família e outras quatro de saúde bucal.

 

A estrutura terá dois pavimentos e englobará 12 consultórios, dentre outros ambientes. Serão realizados serviços de acolhimento, atendimento médico, enfermagem, odontológico, além de atividades dos programas prioritários como hipertensão arterial, diabetes, tuberculose e hanseníase. O novo posto também ofertará procedimentos de promoção e proteção à saúde como vacinas, coleta de material para exames laboratoriais, marcação de consultas, de exames e dispensação de medicamentos.

 

Quanto a assinatura do convênio entre a prefeitura e a Fesp possibilitará que os 24 residentes, que serão 12 médicos e 12 odontólogos, reforcem o quadro de profissionais de saúde para atender à população.

Histórico de Conteúdo