Cientistas da UFRJ descobrem novo vírus com potencial de epidemia no Rio de Janeiro
Foto: Agência Brasil

Além dos casos de chikungunya, a população do Rio de Janeiro tem mais uma doença para se preocupar. Cientistas da Universidade Federal do Estado (UFRJ) descobriram o vírus “mayaro”, que possui sintomas semelhantes, como dores intensas e incapacitantes nas articulações, e pode provocar uma epidemia no Sudeste do país.

 

Segundo informações do jornal O Globo, testes de laboratório mostraram que o mayaro pode ser transmitido tanto pelo Aedes aegypti, também transmissor da dengue, zika e chikungunya, quanto pelo pernilongo comum (Culex). Dessa forma, o risco de epidemia é potencializado, avalia o coordenador do Laboratório de Virologia Molecular da UFRJ, Amílcar Tanuri.

 

De acordo com a publicação, os pesquisadores descobriram que o mayaro está no Rio desde 2016. Para piorar, todos os três casos conhecidos até aqui são autóctones, ou seja, de pessoas infectadas onde o vírus foi encontrado: na cidade de Niterói.

Histórico de Conteúdo