OPAS deve retirar certificado de erradicação de sarampo do Brasil após novo caso registrado
Foto: Reprodução / OPAS

O Brasil registrou um caso de sarampo endêmico no Pará, em fevereiro, e perderá o certificado de erradicação do sarampo. O Ministério da Saúde confirmou o caso em comunicado enviado à Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS).

 

O Ministério da Saúde se manifestou através do Twitter, nesta terça-feira (19), e informou ainda que já está trabalhando para o controle da doença. Em janeiro deste ano, três estados brasileiros apresentavam surto da doença: Amazonas, Roraima e Pará. O número de casos registrados entre fevereiro de 2018 e fevereiro de 2019 chegou a 10.374.

 

A retirada do certificado de erradicação, concedido ao Brasil pela OPAS/OMS em 2016, acontecerá em decorrência da incidência de casos confirmados do mesmo vírus durante 12 meses. Segundo a OMS, a primeira pessoa infectada dentro do território brasileiro foi registrada em 19 de fevereiro de 2018.

 

Histórico de Conteúdo