Hospital das Clínicas participa da semana mundial do sono com ações de conscientização
Foto: Divulgação

O Complexo Hospitalar Universitário Professor Edgard Santos (Hupes) participa nesta quarta-feira (13) da Semana Mundial do Sono. Serão realizadas, das 7h às 13h, ações educativas de esclarecimentos à população no Ambulatório Magalhães Neto.

 

O Ambulatório de Distúrbios do Sono do Hupes é o primeiro oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na Bahia. O serviço realiza a polissonografia, principal exame utilizado para investigação diagnóstica dos distúrbios do sono. Desde que foi inaugurado, em 2017, o serviço contabilizou mais de 500 consultas e 98 polissonografias, com capacidade de 20 exames por mês. “É importante reforçar que este número é alto, considerando a duração do exame e por tratar-se de um procedimento de alta complexidade”, explica a professora Cristina Salles, responsável pelo ambulatório.

 

“O paciente dorme uma noite inteira sob observação de um técnico, na unidade hospitalar, com sensores que são colocados em diversos pontos no corpo, como cabeça, tórax, abdômen e pernas. Esse exame tem a finalidade de identificar quando o paciente está acordado ou dormindo. Quando estiver dormindo, poderemos saber em qual estágio do sono e se o paciente apresenta alguma dificuldade respiratória ou outras alterações durante esse período”, explicou.

 

SEMANA DO SONO 2019

Neste ano, a Associação Brasileira do Sono tem como tema “Dormir Bem É Envelhecer com Saúde”, reforçando a importância do sono para o funcionamento do organismo. A campanha chama atenção para a importância do sono como reparador e um dos fatores fundamentais para o envelhecimento saudável.

 

Segundo estudos, estima-se que cerca de 35% da população com mais de 65 anos tenha algum transtorno do sono, aumentando progressivamente de acordo com as décadas, a ponto de chegar a 50% a partir dos 80 anos.

Histórico de Conteúdo